ARTE | 28 de Agosto 2021 | Júlia Duvoisin

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Tapume! Festival de Graffiti para o Novo Museu do Ipiranga

Os 190 metros de tapume que cercam as obras do Novo Museu do Ipiranga, em São Paulo, ganharam um sentido diferente nos dias 8 e 9 de julho de 2021. Na segunda edição do Tapume! Festival de Graffiti para o Novo Museu do Ipiranga, trinta e dois artistas, de três regiões do país, se juntaram para trazer ao espaço pinturas coloridas, com beleza, sentimento, história e vida. Escolhido pela Comissão de Cultura e Extensão do Museu, o tema Água, traz uma reflexão acerca de como este elemento pode ser representado dentro da cidade.

Segundo Gustavo Verde, grafiteiro, idealizador e curador do evento, a primeira edição do Tapume foi um dos maiores eventos de Graffitti de São Paulo, reunindo uma gama forte de artistas de renome internacional. Em 2021, com a chegada do Projeto Cidades Invisíveis na curadoria do Festival, a representatividade e a diversidade na escolha dos participantes foi considerado como quesito principal. Formou-se assim, uma equipe que contemplou diversos setores da sociedade, em especial os que mais buscam espaço para serem ouvidos.

Um dos aspectos principais do Tapume foi a democratização ao acesso à cultura. Para Verde,  a arte salva e empodera:

“ Batemos muito na tecla de que a arte muitas vezes é segregada dentro de galerias e espaços que nem todo mundo pode ocupar, mas dessa vez foi diferente. O Tapume permitiu que a cultura seja igualitária para toda a população. Estamos em um momento de poucos encontros, vida e cor, então trazer o grafite em forma de diversos painéis, onde você anda pela avenida e vê uma sequência de desenhos, certamente alimenta a alma e a felicidade”.

O Novo Museu do Ipiranga viu no Projeto Cidades Invisíveis uma oportunidade de estender o impacto que o Festival geraria. Com um plano de ação pronto, ao longo dos próximos meses, parte do valor dos direitos autorais das obras dos artistas será destinado à viabilização de ações sociais em Heliópolis, Vila Prudente e Jardim Dona Sinhá. 

Em conjunto com o Instituto Vozes das Periferias, oficinas de jiu-jitsu, grafitti, estética, publicidade e ações de doações de alimentos no dia das crianças e natal, farão parte do dia a dia dos jovens e adultos das comunidades.  As artes do Tapume vão servir de potencializadores de mudanças socioculturais, capazes de contribuir para que as periferias valorizem sua história, desenvolvam sua economia e prosperem a um estado de bem estar social. 

Tobias Alencastro, Coordenador de Relacionamentos do Projeto Cidades Invisíveis, acredita que a expansão para São Paulo resultará em diversos impactos sociais positivos para o futuro:

“ Um dos fundamentos do Projeto Cidades Invisíveis é a arte, principalmente, a arte urbana e trabalho realizado junto ao Novo Museu do Ipiranga vai nos permitir expandir os esforços de transformação social do Projeto Cidades Invisíveis, para além do sul do país”.

O evento também prestou homenagem ao artista César de Mello Ferreira, conhecido no cenário artístico como Vermelho Steam, que faleceu em decorrência de complicações da Covid-19 em abril de 2021, aos 46 anos. Vermelho deixou sua marca nos tapumes do Museu do Ipiranga em janeiro do ano passado, na primeira edição do festival. Sua arte foi preservada, juntamente com sua memória.

A diversidade de artistas e obras produzidas na segunda edição do Tapume! Festival de Graffiti, ficarão para sempre marcadas na história e na memória do museu público mais antigo de São Paulo. A repercussão do evento transgrediu fronteiras, estampando as capas dos jornais mais importantes do país, como o Folha de São Paulo. O impacto dentro do Projeto Cidades Invisíveis também será duradouro, transformado em empoderamento social por meio da arte em comunidades próximas ao Museu do Ipiranga.

Arte salva. Arte transforma.

 

Júlia Duvoisin

Estudante Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina. Redatora do Projeto Cidades Invisíveis

Fique sempre por dentro!

Gostaria de receber nossa newsletter atualizada com todas as atualizações do que está acontecendo no projeto?
Basta colocar o e-mail abaixo e assinar!

Deixe um comentário