MODA | 16 de Agosto 2021 | Júlia Duvoisin

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Collab simboliza a luta pelo incentivo ao aleitamento materno

O mês oito do calendário representa o Agosto Dourado, período que simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. O aleitamento materno é um direito humano que requer respeito e proteção. Dedicar 30 dias para falar sobre o assunto é uma maneira de desmistificar alguns aspectos do processo e proporcionar às mães um espaço de compreensão e amor. Afinal, o que seria o leite materno, senão, a base da vida?

Nutrir é um ato de amor. Cuidar do outro como extensão de si mesmo, em uma doação profunda, capaz de transmitir força e afeto. É assim que pensa Maria Alice Borba, mãe, médica e idealizadora do “Vidas de Maria”, espaço que promove acolhimento, informações, empoderamento e relatos que ajudam mães e gestantes por todo o Brasil. 

Nesta atmosfera de hospitalidade, surgiu a Collab Projeto Cidades Invisíveis e Vidas de Maria. Uma camiseta que representa,  conecta e fala alto.  Uma bandeira quanto  a importância e a necessidade da coletividade na luta pelo amamentar, ato que salva vidas!

Buscando ir além do incentivo à prática da amamentação, com a venda dos produtos , criaremos um ambiente voltado à educação sexual, auxílio à amamentação, consultas ginecológicas, pré-natal e aulas de parto para mulheres em situação de vulnerabilidade social. 

Guilherme Rosa, artista que assina a obra representada na camiseta, tem como foco em seus trabalhos pintar pessoas em todas as suas diversidades. Motivado por amar imensamente a arte, expressa através dela a verdade e a essência do ser humano. O trabalho foi resultado de muito estudo e pesquisa e transparece a vida:

“Acima de tudo, a tela representa a figura da mãe, que nutre seu filho com o leite e que também o permite sonhar durante sua infância, alimentando-o de duas maneiras. A maioria das histórias que escuto de pessoas que conseguiram realizar seus sonhos, começa com o reconhecimento do papel de suas mães para que isso acontecesse. Comigo não foi diferente.”

Apesar de ser um direito constitucional, a amamentação em público ainda é alvo de muitos preconceitos. Não é raro vermos a triste realidade de lactantes sendo constrangidas publicamente ao tentar amamentar. Para Paola Silva dos Santos, mãe participante do ensaio fotográfico da camiseta, é muito importante colocar em pauta o assunto para incentivar cada vez mais lactantes a amamentar seus filhos:

“Amamentar pra mim é tudo, quando eu estou amamentando e olho nos olhos da minha filha, o amor que sinto é inexplicável. Eu enxergo ela e percebo a imensidão do meu amor”.

Júlia Duvoisin

Estudante Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina. Redatora do Projeto Cidades Invisíveis

Fique sempre por dentro!

Gostaria de receber nossa newsletter atualizada com todas as atualizações do que está acontecendo no projeto?
Basta colocar o e-mail abaixo e assinar!

Deixe um comentário